Lazer. Natureza. Aventura

Descrição do projeto

Melhorar o centro de atividades temático da mata municipal de Ansião de forma a aumentar as oportunidades lúdicas, de lazer e diversão das crianças/famílias mas também colaborar/integrar projetos de educação não formal como campos de férias, ATLS, outras. Introdução: Somos um grupo de pais, educadores, animadores, outros com vontade de ajudar a mudar algumas questões relacionadas com a Educação, o Lazer e o tempo livre, sobretudo na idade pré-escolar, 1º ciclo e 2º ciclo. São inquietações nossas mas o certo é que um pouco por todo o mundo, governantes, professores, pedagogos e psicólogos, estão a fazer a mesma pergunta: num mundo em acelerada mutação, com currículos demasiado exigentes, com recreios curtos e pobres, com componente não letiva nos mesmos espaços/salas da componente letiva, onde sobra tempo e espaço para a promoção da criatividade e da liberdade de escolhas? Em que espaço/tempo, podem as nossas crianças continuar a sê-lo, de forma responsável e produtiva, tendo em conta a necessária adequação de métodos/aprendizagens na formação integral do ser humano, tão apregoada por todas as cartilhas educacionais? Fundamentação Parece ser consensual que a atividade física, especialmente a que privilegia ambientes outdoor, de natureza e ar livre beneficia o desenvolvimento da criança mas num contexto marcado pelos avanços tecnológicos, não é incomum encontrar crianças com inabilidades motoras básicas e dificuldades de socialização. Onde fica a vivência corporal e o contacto com a natureza? Cada vez mais assistimos a crianças isoladas nos recreios sem saber muito bem o que fazer. Face a este cenário é urgente não subestimar a natureza, o jogo e a brincadeira como veículos privilegiados para a socialização e motricidade infantil (Souza, Santos, Mattos, 2019). Sabemos, porém, que os espaços verdes são cada vez menos e mais estéreis, tanto na comunidade como nas escolas e que as crianças de hoje nascem e crescem numa era de computadores, tablets, telemóveis. A essência não é negar as tecnologias pois elas fazem parte das nossas vidas mas antes não deixar para um plano inferior/secundário a sociabilidade, a vivência corporal e consequentemente todos os benefícios já supramencionados, sob pena de estarmos a “criar” crianças que não sabem lidar com a frustração, sem atitude básica de aceitação, respeito e confiança, com pouco acesso aos conhecimentos mais amplos da realidade social e cultural, sem esquecer problemas de coluna, perda auditiva, obesidade, insónia, dor de cabeça, entre outros. (Souza, Santos, Mattos, 2019). Entenda-se por educação ao ar livre na sua abrangência, experiências educacionais (puras ou orientadas) esporádicas ou contínuas, em que alunos/crianças/filhos e professores/Animadores/famílias se aventuram num conjunto de atividades que promovem o contato com a natureza e/ou a comunidade. Neste contexto, a Mata Municipal parece ser um local ideal para a implementação deste centro de atividades temático, sendo que é uma “floresta” em boas condições, com grande potencial mas um pouco esquecida e consequentemente pouco valorizada. A ideia é distribuir os vários equipamentos pela área florestal da mata municipal, tornando-a num espaço de descoberta e lazer. O equipamento/centro de atividades poderá ser aumentado/melhorado gradualmente, mediante vontade e disponibilidade económica do município, sem esquecer as crianças com necessidades específicas . Objetivos: Gerais - Investir na ocupação saudável de tempos livres; - Aumentar as oportunidades de lazer, exploração e diversão; - Aproximar as crianças da natureza. - Dinamizar, valorizar e preservar a Mata Municipal Específico: - Criar um espaço lúdico, de lazer e aventura que possa ser adequado e explorado livremente pelas crianças (incluindo crianças com necessidades específicas) e famílias e de ligação estreita com a Natureza; - Criar um espaço que possa servir de apoio aos campos de férias, ATLS, outros projetos de ocupação de tempos livres, com atividades de ar livre e da natureza; - Utilizar a casinha de Erbach para apoiar atividades socioeducativas; Quem beneficia com este projeto? - Crianças (incluindo crianças com necessidades específicas) e famílias no geral do concelho de Ansião e vizinhos; - Estabelecimentos de Ensino, Educação e Tempos Livres do concelho de Ansião; Como e porquê deve votar? Deve votar neste projeto porque as nossas crianças e famílias merecem um espaço de lazer rico em experiências, onde possam passar um bom bocado ao final do dia, ao fim-de-semana, nas férias, usufruindo de equipamento atrativo e das sombras e aromas que mata municipal oferece. É uma oportunidade para aumentar as ofertas de educação e lazer. Orçamento Este orçamento foi elaborado em função de pesquisa na internet (lappset). Posteriormente é possível apresentar orçamento oficial. Planetário – 12 300 € Equipamento multifuncional em forma de cúpula composta por oito seções com diferentes funções de subida, como redes, escadas e paredes de escalada. A luz do sol brilha através dos orifícios em forma de estrela existentes na sua cúpula criando, assim, padrões estelares brilhantes. Os padrões estelares são repetidos com precisão dentro da cúpula, pelo que as crianças aprenderão a reconhecer diferentes constelações e a praticar navegação com estrelas. O topo da cúpula é escalável, aumentando as possibilidades de brincadeira. Inclui 2 paredes de cordas com 940x1640mm; 1 parede de cordas torcida com 630x1640mm; 6 cordas com 2 discos de trepar; 2 escadas de cordas com 800x940mm e 80 presas de escalada. Floresta de escalada dos Gnomos – 6 520 € Este parque infantil tem 3.050 mm de altura e consiste em sete postes de escalada, duas redes de escalada verticais e uma rede de inclinação. As crianças podem atravessá-lo de uma ponta a outra. Ele se ajusta a um grande número de crianças ao mesmo tempo, tornando-se um jogo sociável. A Floresta Escalada do Gnomo oferece diversas oportunidades de escalada que desenvolvem a aptidão e as habilidades motoras dos escaladores. O agradável material natural da corda e o design divertido fornecem novos desafios de escalada e suspensão. As redes são inclinadas ou torcidas em diferentes direções e têm orifícios de tamanhos diferentes em várias alturas, assim como a natureza que nos cerca. A Floresta Escalada do Goblin varia quando abordada de diferentes direções, oferecendo inúmeras oportunidades de jogo. Baloiço inclusivo – 3 100 € Este balanço é o favorito de todos! Crianças, jovens e adultos vão adorar balançar e descansar no balanço do ninho dos pássaros. Com o design aerodinâmico, caberá perfeitamente em todos os ambientes. O assento espaçoso e de alta qualidade é projetado e fabricado para ter muita utilização, sem comprometer o conforto dos usuários do swing. Para garantir que pessoas com limitações físicas possam utilizar o produto, coloque-o de forma que a superfície seja dura o suficiente para um acesso independente ou assistido. Troncos Wobbling – 2 214 € Os troncos Wobbling melhoram o equilíbrio, a coordenação, a força do corpo central e a força da parte inferior do corpo. Este equipamento é uma ponte em arco com cinco degraus suspensos por cordas nos corrimãos em arco. Os degraus instáveis sobem ao longo da curva do corrimão e movem-se para a frente e para trás, lado a lado, proporcionando um desafio emocionante para uma ampla gama de usuários. Transporte e Montagem: 12 300 € Total do projeto: 36 434 € (IVA incluído) (Fotos nos anexos)

Contributo para a estratégia de desenvolvimento do Município Lazer. Natureza. Aventura
Localização: 39.91219757847623, -8.433279451034544
Custo estimado da implementação do projeto: 36.434,00€
Documento: Ver documento
Documento: Ver documento

Votação

Localização do projeto

FORA DA DATA